terça-feira, 19 de novembro de 2013

Acho que vou explodir!! Posso?

O ano passa rápido, promessas feitas no inicio, especialmente as relacionadas a estudar, não foram cumpridas e passamos os últimos meses, literalmente, correndo atrás do prejuízo ou simplesmente chorando em cima do leite derramado.
Chega outubro e a pressão aumenta. Notas baixas nos primeiros  trimestres assombram o resultado do ultimo boletim, que para não ficar em recuperação há de ser trabalhado.
Enlouquecemos, perdemos o controle do tempo. As coisas vão se acumulando. Provas finais, trabalhos a serem entregues e matéria do inicio do ano a ser revisada.
Junto com isso, pensamentos cotidianos, preocupações com as festas de final de ano, situações na família, saias justas. Além de ações, há também preocupação com os sentimentos. Ciúmes, inveja e ambição, são do tipo que nos faz perder tempo.
Gasto minha inteligência questionando coisas bobas como o paradoxo: ‘’ copo meio cheio ou copo meio vazio? “
Passar tempo com pessoas queridas, não é uma escolha, mas sim uma necessidade, que  por muitas vezes passa por cima do estudo como um rolo compressor.
No entanto, como lidar com tudo isso? Às vezes penso tanto que tenho vontade de jogar meu cérebro pela janela em busca de descanso.  Não consigo calar meus incessáveis pensamentos, que afetam até meus sonhos.
Em um ponto onde tudo está bagunçado, não consigo nem por minhas tarefas em ordem, tudo que eu toco quebra e tudo que faço dá errado. A negatividade toma conta.

Logo, não podemos abrir mão de certas coisas, mas é necessário tirar um tempo para um bom banho, uma leitura prazerosa, um filme engraçado, descontraído relaxar, comer sua comida favorita ou tirar aquela soneca boa, são formas de se preparar para momentos assim. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário